Ligue-se a nós

Distrito Federal

Inscrições abertas para bolsas em instituição de ensino superior no DF

Publicado

no

UDF

São oferecidas 73 vagas para servidores do GDF e ex-alunos da rede pública de ensino do Distrito Federal

Ex-alunos da rede pública de ensino do Distrito Federal, servidores e empregados do Governo do DF (GDF) terão até 8 de julho para se inscrever no concurso de seleção do programa de concessão de bolsas de estudo.

O certame é promovido pela Escola de Governo do Distrito Federal (Egov), unidade da Secretaria de Economia (Seec). O concurso é realizado semestralmente para as vagas abertas no Centro de Ensino Unificado do DF (UDF). Ao todo, nesta edição, serão oferecidas 73 vagas. Acesse o edital e as informações para inscrição.

Criado em 1968, o programa é fruto da cessão de uso do terreno onde o UDF funciona. Após uma lacuna de mais de cinco anos, a atual gestão do GDF retomou o concurso, que já promoveu a concessão de bolsas a 984 beneficiados, de 2019 até o primeiro semestre deste ano.

Etapas

O processo para concessão das bolsas terá etapas distintas de seleção para servidores públicos e sociedade civil. No caso dos candidatos da administração pública, serão levados em conta o tempo de serviço, o número de dependentes legais, a remuneração bruta e o nível de escolaridade.
O edital destaca os 21 cursos presenciais do centro universitário – entre esses, os de direito, administração, biomedicina, pedagogia, fonoaudiologia e letras português/inglês. Os candidatos contemplados terão direito a uma bolsa integral para cursar o ensino superior, com início das aulas em agosto deste ano.

Para os candidatos da sociedade civil, as exigências incluem a conclusão dos três anos do ensino médio em escola da rede pública de ensino do DF, ter participado da última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2022 ou de 2023 com média mínima de 400 pontos e comprovar hipossuficiência de renda familiar.

Anúncio

“O programa contribui para a formação dos cidadãos e para a capacitação dos servidores e empregados públicos”, avalia a vice-diretora-executiva da Egov, Raquel Aben-Athar, lembrando que a iniciativa já transformou a vida de milhares de famílias do DF. “Fomentar a educação é o melhor caminho para o desenvolvimento ativo da sociedade e da administração pública para melhor trabalhar para os cidadãos”, conclui.


Serviço

Inscrições: Até 8 de julho
Público: servidores e empregados públicos do GDF e aos ex-alunos da rede pública de ensino
Dúvidas e informações: cbudf.egov@economia.df.gov.br.

Anúncio
Continuar Lendo
Anúncio
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Distrito Federal

Novos beneficiários do DF Social têm até o dia 25 para abrir conta no BRB

Publicado

no

Por

Para serem contempladas com o auxílio de R$ 150 já no próximo pagamento, 4.319 famílias precisam fazer o procedimento pelo aplicativo BRB Mobile

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) convoca 4.319 novas famílias beneficiárias do programa DF Social para abrirem a conta no Banco de Brasília (BRB) e terem acesso ao auxílio mensal de R$ 150. Para garantir o recebimento do próximo pagamento, é necessário que o cidadão tenha a conta social (não se trata de uma conta bancária comum) aberta até as 18h do dia 25 deste mês. Aqueles que não fizerem o procedimento no prazo estabelecido terão que aguardar nova rodada de contemplação.


“O DF Social é um complemento importante de renda para famílias que estão em situação de extrema vulnerabilidade. Se você atende aos critérios, faça a consulta para saber se está entre os contemplados. É importante também ficar atento ao prazo de abertura da conta para garantir o benefício”, afirma Ana Paula Marra, secretária de Desenvolvimento Social


‌A abertura da conta social deve ser realizada pelo aplicativo BRB Mobile. Basta seguir o passo a passo neste link.

Para saber se foi contemplado, o cidadão deve fazer a consulta no site GDF Social e confirmar se está entre os beneficiários. No portal, em “Consulta DF Social”, é necessário informar CPF e data de nascimento do responsável financeiro, conforme declarado no Cadastro Único. Após esse procedimento, aparece mensagem na tela informando se a pessoa está ou não na lista de contemplados.


“O DF Social é um complemento importante de renda para famílias que estão em situação de extrema vulnerabilidade. Se você atende aos critérios, faça a consulta para saber se está entre os contemplados. É importante também ficar atento ao prazo de abertura da conta para garantir o benefício”, ressalta a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

Anúncio

Anúncio
Continuar Lendo

Distrito Federal

Período de indicação de créditos do Nota Legal é antecipado para dezembro

Publicado

no

Por

Mudança foi divulgada no ‘Diário Oficial do DF’ desta segunda-feira (15)

O período de indicação de créditos do programa Nota Legal mudou de data. Nos anos anteriores, os contribuintes faziam a indicação de créditos para desconto no IPTU e IPVA no mês de janeiro;  este ano, o prazo é de 1º a 20 de dezembro, conforme a portaria nº 507, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta segunda-feira (15).

A mudança de data foi necessária para que os boletos dos anos seguintes já sejam enviados com o valor atualizado, contendo o desconto do valor indicado pelo contribuinte. Os créditos referentes à aquisição feita nos meses de outubro, novembro e dezembro somente poderão ser utilizados para abatimento do IPTU e IPVA no período de indicação do ano subsequente.

Anúncio
Continuar Lendo

Distrito Federal

Mais de 1,8 mil candidatos do Morar Bem são convocados para apresentação de documentos

Publicado

no

Por

Após o envio da documentação, os candidatos devem aguardar a análise da Codhab

Nesta segunda-feira (15), a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF) convoca 1.891 candidatos para enviar a documentação necessária de habilitação no programa Morar Bem.

A lista de documentos exigidos pode ser acessada no site da companhia. O envio deve ser realizado pelo aplicativo de celular Codhab Cidadão.

Após o envio da documentação, os candidatos devem aguardar a análise, que não possui prazo determinado. Confira aqui a lista dos convocados.


Fato Novo com informações da Codhab

Anúncio

 

Continuar Lendo

Mais vistas