Ligue-se a nós

Emprego e trabalho

OIT espera que o desemprego global caia ligeiramente em 2024

Publicado

no

Projeção é de 4,9%, após atingir 5% do ano passado; relatório aponta que segue lento progresso na redução das desigualdades; aumento de trabalhadores informais foi de cerca de 1,7 bilhões em 2005 para 2 bilhões em 2024.

Um novo relatório da Organização Internacional do Trabalho, OIT, prevê uma ligeira queda dos níveis de desemprego neste ano. A taxa ficará em 4,9%, abaixo dos 5% do ano passado.

Na atualização de maio das Perspectivas sociais e de emprego no mundo, a agência da ONU alerta para a persistência de desigualdades nos mercados de trabalho.

Oportunidades de emprego 

Mulheres, especialmente nos países de renda baixa, são afetadas de forma desproporcional pela falta de oportunidades de emprego. Já em economias de alta renda, elas recebem 73 centavos para cada dólar ganho pelos homens.

A disparidade de emprego para as habitantes dos países de baixo rendimento atinge 22,8%, contra 15,3% para os homens. Em economias de alta renda, a taxa é de 9,7% para as mulheres e 7,3% para os homens.

Anúncio

A OIT aponta estas diferenças como apenas a “ponta do iceberg”, em meio a “um número significativamente maior de mulheres do que de homens completamente fora do mercado laboral”.

De acordo com o relatório, as responsabilidades familiares podem explicar grande parte da diferença observada nas taxas de emprego de mulheres e homens. Em nível global estão empregadas 45,6% das mulheres em idade ativa, em comparação com 69,2 por cento dos homens.

Necessidades de todos os trabalhadores

Para o diretor-geral da OIT, Gilbert Houngbo, para alcançar uma recuperação sustentável com benefícios partilhados por todos, o mundo deve atuar no sentido de promover “políticas inclusivas considerando as necessidades de todos os trabalhadores”.

Ele acredita que a inclusão aliada à justiça social deve estar no centro das políticas e instituições. Sem essas medidas “os objetivos ficarão aquém “de garantir um desenvolvimento forte e inclusivo.”

Os avanços na redução da pobreza e da informalidade abrandaram em comparação com a última década. O número de trabalhadores informais cresceu de cerca de 1,7 bilhões em 2005 para 2 bilhões em 2024.

Anúncio

A OIT defende que para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável é urgentemente necessário adotar “uma abordagem abrangente” para reduzir a pobreza e a desigualdade.


Continuar Lendo
Anúncio
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Distrito Federal

Agências do trabalhador têm vagas para nutricionista com salário de R$ 3,7 mil

Publicado

no

Por

‌Interessados podem cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana

As agências do trabalhador do Distrito Federal estão com 839 oportunidades de emprego abertas nesta quinta-feira (18). As vagas estão lotadas em diversas regiões administrativas, exigem diferentes níveis de escolaridade e oferecem benefícios, além da remuneração. Os maiores salários são encontrados em quatro postos para operador de motoniveladora em Brazlândia (R$ 4 mil), quatro para nutricionista na Zona Industrial (R$ 3.760,13) e três para auxiliar de manutenção elétrica e hidráulica no Guará (R$ 3.528,91).

Há ainda chances exclusivas para pessoas com deficiência (PcD): 13 para auxiliar de limpeza e 13 para repositor de mercadorias na Asa Sul (R$ 1.515), e duas para auxiliar de armazenamento em Santa Maria (R$ 1.412). As funções de repositor de mercadorias e auxiliar de limpeza também estão disponíveis em ampla concorrência. Para o primeiro cargo, são 55 vagas com oferta de R$ 1.515 sem local fixo de trabalho. Já o cargo de auxiliar de limpeza está com 34 vagas sem ponto fixo de atuação, na Asa Sul e em Brazlândia, com remuneração de R$ 1.412 a R$ 1.515.

Continuar Lendo

Distrito Federal

Mais de 800 vagas de emprego nas agências do trabalhador nesta quarta (17)

Publicado

no

Por

Cadastro para as oportunidades disponíveis em diversas regiões administrativas pode ser feito por aplicativo ou pessoalmente em uma das 14 unidades da agência do trabalhador

As agências do trabalhador do Distrito Federal oferecem, nesta quarta-feira (17), 806 vagas de emprego. Os salários variam entre R$ 1.412 e R$ 4 mil, com postos que exigem experiência comprovada e outras não.

Além da remuneração, os postos de trabalho oferecem benefícios em diversas regiões administrativas, algumas com exigência de experiência comprovada. Entre os destaques com o maior número de vagas, estão postos de atendente de loja (70), sem necessidade de comprovar experiência, com um salário de R$ 1.412, e sem local de trabalho fixo. Também há 40 vagas disponíveis para operador de telemarketing ativo, na Asa Sul, com a mesma remuneração.

Entre os maiores salários, há uma vaga de operador de motoniveladora, em Brazlândia, com remuneração de R$ 4 mil. É necessário comprovar experiência. Há ainda três vagas para nutricionista de Zona Industrial, com salário de R$ 3,7 mil. Também é preciso comprovar experiência para o posto.

Para participar dos processos seletivos, basta cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana. Também é possível solicitar atendimento pelo e-mail gcv@setrab.df.gov.br. Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet).

Anúncio

Siga nossas redes sociais: Facebook Instagram.


Fato Novo com informações e imagens: Agência Brasília

Continuar Lendo

Distrito Federal

Agências do trabalhador do DF têm vaga com salário de R$ 4 mil nesta terça-feira (16)

Publicado

no

Por

A oportunidade é para contador controller no Guará; ao todo, as unidades ofertam mais de mil chances na capital

As agências do trabalhador do Distrito Federal oferecem, nesta terça-feira (16), 1.001 vagas para quem busca emprego na capital federal. O maior salário da lista é de R$ 4 mil para a vaga de contador controller, profissional responsável por planejar, organizar e desenvolver estratégias econômicas e financeiras com base em informações contábeis. No Guará, a oportunidade é voltada para quem tem ensino superior completo na área.

Outro destaque entre as chances estão as 70 vagas para atendente de lojas. Os candidatos não precisam ter experiência prévia, mas é exigido o ensino médio completo. O salário ofertado é de R$ 1.412. Outra função com muitas vagas disponíveis é para consultor de vendas, um total de 40 para a Asa Sul. Os interessados devem ter o ensino médio completo. A remuneração prevista é de R$ 1.412.

Para participar dos processos seletivos, basta cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana. Mesmo que nenhuma das vagas do dia seja atraente ao candidato, o cadastro vale para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejam ofertar vagas ou utilizar o espaço das agências do trabalhador para entrevistas podem se cadastrar pessoalmente nas unidades ou pelo aplicativo do Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento pelo e-mail gcv@setrab.df.gov.br. Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal (Sedet-DF).

Anúncio

Fato Novo com informações: Agência Brasília

Continuar Lendo

Mais vistas