Ligue-se a nós

Distrito Federal

Operação DF Livre de Carcaças já recolheu mais de 1,3 mil veículos no primeiro semestre

Publicado

no

O número já ultrapassou a quantidade recolhida durante o ano inteiro de 2023. Nesta semana, foram retiradas 50 carcaças da região de Ceilândia

A Operação DF Livre de Carcaças desembarcou em Ceilândia na semana passada e já recolheu mais de 50 veículos nas áreas Sul e Norte da cidade. Com o intuito de trazer mais segurança e evitar possíveis focos de doenças que atingem a comunidade local, o programa já recolheu, neste primeiro semestre, mais de 1.300 carcaças em 22 regiões administrativas do DF.

O último balanço da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) aponta que o trabalho tem aumentado a cada ano. Em 2023 foram realizadas 104 ações integradas, que resultaram na retirada de 1.132 veículos abandonados nas ruas do DF, 337,06% a mais do que em 2022. Em 2021 foram 306 carcaças retiradas. Ao todo, desde o início do programa da SSP-DF, foram recolhidas 2.145 carcaças em Brasília.


“Isso reduz a sensação de insegurança e também evita o risco à saúde pública, eliminando focos da dengue, por exemplo. Para pessoas de má-fé, os veículos em carcaça servem como locais para guarda de objetos furtados, além de um esconderijo de drogas ou armas”, explica o coordenador do DF Livre de Carcaças, sargento Reinaldo Almeida.


O programa é uma força-tarefa coordenada pela Secretaria de Segurança Pública que atua de forma integrada com diversos órgãos, como Polícia Militar (PMDF), Departamento de Trânsito (Detran-DF), Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), Secretaria DF Legal, Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival-SES), Novacap, Serviço de Limpeza Urbana (SLU) – além das administrações regionais.

Anúncio

“Para pessoas de má-fé, os veículos em carcaça servem como locais para guarda de objetos furtados, além de um esconderijo de drogas ou armas”, explica o coordenador do DF Livre de Carcaças, sargento Reinaldo Almeida

Operação contínua

De acordo com Almeida, os setores de oficina geralmente são locais que produzem muitas carcaças e veículos em estado de abandono, que podem apresentar restrição judicial, além de restrição de roubo e furto. “É uma operação ininterrupta, então é importante que os proprietários de veículos que estejam nesse estado de abandono também possam agir, tanto retirando os veículos deste estado, quanto guardando em local fechado e coberto como deve ser. E que a população em geral faça as denúncias”, reforça o sargento.

No mês de julho as operações em Brasília alcançarão as regiões da Asa Sul, Asa Norte, Cruzeiro, Sudoeste, Candangolândia e Estrutural. A operação, além de recolher carros abandonados, identifica desordens como mato alto, falta de iluminação, focos de dengue, entre outros fatores que incidem diretamente na prevenção criminal, na segurança e na saúde pública.

A população pode contribuir denunciando pontos de acúmulo pelo telefone da ouvidoria (162) ou pelos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs) e administrações regionais. As denúncias também podem ser enviadas por e-mail para o endereço dflivredecarcacas@ssp.df.gov.br.

Siga nossas redes sociais: Facebook Instagram.


Fato Novo com informações e imagens: Agência Brasília

Anúncio
Continuar Lendo
Anúncio
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Distrito Federal

Novos beneficiários do DF Social têm até o dia 25 para abrir conta no BRB

Publicado

no

Por

Para serem contempladas com o auxílio de R$ 150 já no próximo pagamento, 4.319 famílias precisam fazer o procedimento pelo aplicativo BRB Mobile

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) convoca 4.319 novas famílias beneficiárias do programa DF Social para abrirem a conta no Banco de Brasília (BRB) e terem acesso ao auxílio mensal de R$ 150. Para garantir o recebimento do próximo pagamento, é necessário que o cidadão tenha a conta social (não se trata de uma conta bancária comum) aberta até as 18h do dia 25 deste mês. Aqueles que não fizerem o procedimento no prazo estabelecido terão que aguardar nova rodada de contemplação.


“O DF Social é um complemento importante de renda para famílias que estão em situação de extrema vulnerabilidade. Se você atende aos critérios, faça a consulta para saber se está entre os contemplados. É importante também ficar atento ao prazo de abertura da conta para garantir o benefício”, afirma Ana Paula Marra, secretária de Desenvolvimento Social


‌A abertura da conta social deve ser realizada pelo aplicativo BRB Mobile. Basta seguir o passo a passo neste link.

Para saber se foi contemplado, o cidadão deve fazer a consulta no site GDF Social e confirmar se está entre os beneficiários. No portal, em “Consulta DF Social”, é necessário informar CPF e data de nascimento do responsável financeiro, conforme declarado no Cadastro Único. Após esse procedimento, aparece mensagem na tela informando se a pessoa está ou não na lista de contemplados.


“O DF Social é um complemento importante de renda para famílias que estão em situação de extrema vulnerabilidade. Se você atende aos critérios, faça a consulta para saber se está entre os contemplados. É importante também ficar atento ao prazo de abertura da conta para garantir o benefício”, ressalta a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

Anúncio

Anúncio
Continuar Lendo

Distrito Federal

Período de indicação de créditos do Nota Legal é antecipado para dezembro

Publicado

no

Por

Mudança foi divulgada no ‘Diário Oficial do DF’ desta segunda-feira (15)

O período de indicação de créditos do programa Nota Legal mudou de data. Nos anos anteriores, os contribuintes faziam a indicação de créditos para desconto no IPTU e IPVA no mês de janeiro;  este ano, o prazo é de 1º a 20 de dezembro, conforme a portaria nº 507, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta segunda-feira (15).

A mudança de data foi necessária para que os boletos dos anos seguintes já sejam enviados com o valor atualizado, contendo o desconto do valor indicado pelo contribuinte. Os créditos referentes à aquisição feita nos meses de outubro, novembro e dezembro somente poderão ser utilizados para abatimento do IPTU e IPVA no período de indicação do ano subsequente.

Anúncio
Continuar Lendo

Distrito Federal

Mais de 1,8 mil candidatos do Morar Bem são convocados para apresentação de documentos

Publicado

no

Por

Após o envio da documentação, os candidatos devem aguardar a análise da Codhab

Nesta segunda-feira (15), a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF) convoca 1.891 candidatos para enviar a documentação necessária de habilitação no programa Morar Bem.

A lista de documentos exigidos pode ser acessada no site da companhia. O envio deve ser realizado pelo aplicativo de celular Codhab Cidadão.

Após o envio da documentação, os candidatos devem aguardar a análise, que não possui prazo determinado. Confira aqui a lista dos convocados.


Fato Novo com informações da Codhab

Anúncio

 

Continuar Lendo

Mais vistas