Ligue-se a nós

Mundo

Policiais pedem que ingleses troquem cerveja por maconha na Eurocopa

Publicado

no

A maconha é legalizada na Alemanha desde 1º de abril deste ano, porém não pode ser usada dentro de estádios

A policia da Alemanha pediu para que os torcedores ingleses troquem as bebidas alcoólicas pelo uso de maconha durante a estreia da Inglaterra na Eurocopa, neste domingo (16/6). O motivo? Para as pessoas ficarem menos agressivas.

A maconha é legalizada na Alemanha desde 1º de abril desde ano, porém não pode ser usada dentro de estádios. Ao The Sun, um porta-voz da polícia do país disse que a maconha deixa as pessoas de bom humor.

“Beber álcool pode tornar alguém mais agressivo, e fumar maconha deixa as pessoas de bom humor”, disse Stephan Knipp.


E acrescentou: “Se virmos um grupo de pessoas bebendo álcool e parecendo um pouco agressivos, e outro grupo fumando maconha, é claro que abordaremos o grupo que bebe álcool”, disse.


Como medida de prevenção, para evitar brigas, bares em áreas consideradas “sensíveis” vão parar de vender bebidas alcoólicas antes e depois do jogo.

Anúncio

A Inglaterra enfrenta a Sérvia a partir das 16h na Arena do Schalke 04.

Siga nossas redes sociais: Facebook Instagram.


Fato Novo com informações e imagens: Correio Braziliense

Anúncio

Brasil

Após tentativa de golpe, viagem de Lula à Bolívia está mantida

Publicado

no

Por

Presidente deve ir para Santa Cruz de la Sierra no próximo dia 9. O chefe do Executivo brasileiro chegou a pautar reunião sobre a crise

viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a Bolívia será mantida, informou a assessoria do petista na noite desta quarta-feira (26/6). Apesar de o país estar superando uma tentativa de golpe de Estado, Lula vai manter na agenda a viagem para Santa Cruz de la Sierra, no próximo dia 9.

O governo do presidente boliviano, Luis Arce, foi alvo de uma tentativa de golpe de Estado nesta quarta. O general Juan José Zúñiga, ex-comandante do Exército boliviano, foi o mentor e anunciou a trama.

Arce encarou o militar golpista frente a frente. “Eu sou o presidente”, gritou Arce para o ex-comandante do Exército Juan José Zúñiga. A cena aconteceu no palácio presidencial e o presidente ordenou a saída das tropas do local.


Um novo comandante foi nomeado para o Exército, que agora deve obediência a José Wilson Sánchez Velásquez. Ele determinou que todos os soldados que estavam nas ruas retornassem aos quartéis. “Ninguém quer ver a imagem que estamos vendo nas ruas, ninguém. É por isso que, agora, na minha qualidade de comandante-geral do Exército, e em nome dos três comandantes das Forças, ordeno que todo o pessoal que estiver mobilizado nas ruas deve retornar às suas unidades”, determinou o novo encarregado.

Anúncio

Lula

Assim que ficou sabendo da tentativa de golpe no país vizinho, Lula disse que esperava que a democracia prevalecesse. Líderes de várias nações, sobretudo da América do Sul, se manifestaram pela defesa do governo constituído.

Lula chegou a pautar uma reunião de emergência para discutir a crise na Bolívia. Antes de agendar o encontro, o presidente afirmou à imprensa que havia pedido que o Itamaraty levantasse, junto às autoridades locais, o que estava acontecendo no país vizinho.

Continuar Lendo

Mundo

Acordos com China e Rússia para produção de lítio podem colocar Bolívia como alvo de golpes

Publicado

no

Por

Investimentos bilionários de indústrias chinesas têm potencial para desenvolver indústria de transformação no país

tentativa de golpe de Estado ocorrida nesta quarta-feira (26) na Bolívia fez com que os olhos do mundo de voltassem ao país vizinho. Uma parcela das forças armadas do país reuniu-se em frente à sede do governo local, à revelia do presidente Luis Arce. Após a troca de comando da cúpula das forças, a situação se estabilizou no país.

Com uma população de pouco mais de 12 milhões de pessoas e um PIB de US$ 46 bilhões, o país abriga cerca de 23% das reservas mundiais de lítio, mineral fundamental para a indústria de tecnologia. O metal poder estar por trás dos interesses na desestabilização do país.

Foi em referência à Bolívia que o bilionário Elon Musk afirmou, em uma postagem no Twitter feita em 2020, que poderia dar “um golpe de Estado em quem quisesse“.

Atualmente, o país possui reduzida capacidade de processamento do metal, mas parcerias firmadas com a China em 2023 podem mudar essa situação. Marco Fernandes, mestre em História, co-fundador do Dongsheng e editor da revista Wenhua Zongheng Internacional, explica que os acordos “abrem um novo horizonte para a economia boliviana”.

Anúncio

“Em janeiro, foi anunciado um investimento inicial de US$ 1 bilhão de dólares da líder global de bateria de lítio, a chinesa CATL, em uma joint-venture com a estatal boliviana Yacimientos de Litio Boliviano (YLB) para a construção de duas fábricas que devem produzir 50 mil toneladas de carbonato de lítio por ano. Os investimentos totais podem chegar a US$ 9,9 bilhões”, enumera Fernandes.


“Em junho, a YLB fechou mais dois acordos totalizando US$ 1,4 bilhão, com a chinesa Citic Guoan Group e a russa Uranium One Group (subsidiária da gigante estatal nuclear Rosaton) para mais duas plantas de produção de carbonato de lítio, que devem chegar a 45 mil toneladas por ano”, diz.


Fernandes lembra que a Bolívia produziu apenas 635,5 toneladas de carbonato de lítio entre janeiro e novembro de 2022. “Com esses acordos, a produção pode chegar a quase 100 mil toneladas em 2025.”

Além disso, a Citig Guoan estuda a possibilidade de investir na produção de baterias de lítio e de veículos elétricos na Bolívia.

“Ou seja, Bolívia caminhando para uma nova fase da produção de lítio no país, acelerando o processo de industrialização, se apropriando de uma fatia maior da riqueza do mineral (em vez de manter a exportação de lítio bruto), avançando na formação de quadros técnicos, e fazendo tudo isso em parceria com a China e a Rússia.”

Anúncio

Siga nossas redes sociais: Facebook Instagram.


Fato Novo com informações e imagens: Brasil de Fato

Continuar Lendo

Mundo

Juan José Zúñiga, responsável por tentativa de golpe na Bolívia, é preso e acusa presidente de orquestrar ato

Publicado

no

Por

Continuar Lendo

Mais vistas