Ligue-se a nós

Distrito Federal

Tire dúvidas sobre os programas Prato Cheio e DF Social

Publicado

no

Saiba quem tem direito aos benefícios, onde recebê-los, valores e outras informações

Benefícios sociais são auxílios importantes para a oferta de dignidade e segurança alimentar à população. Tão importante quanto receber esse apoio do Governo do Distrito Federal (GDF) é entender quem pode, quando, onde e como buscar esse amparo.

Arte: Agência Brasília

A seguir, a Agência Brasília detalha o funcionamento e esclarece dúvidas sobre dois importantes programas: o Cartão Prato Cheio e o DF Social. De A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), de antemão, esclarece que a população pode receber os dois benefícios ao mesmo tempo.

Mas o que é o Cartão Prato Cheio? E o DF Social? A secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, resume cada um deles.

Anúncio

“O Cartão Prato Cheio é benefício pago em um ciclo de nove parcelas de R$ 250 para adquirir alimentos, exceto bebida alcoólica e cigarro, auxiliando famílias em situação temporária de insegurança alimentar e nutricional. Encerrado esse período, o titular precisa passar por nova avaliação socioassistencial no Cras [Centro de Referência de Assistência Social]  da sua região”, detalha.


“Já o DF Social concede um auxílio mensal de R$ 150 para famílias de baixa renda. Neste caso, não é preciso solicitar o auxílio. As famílias que atenderem aos critérios são incluídas de forma automática conforme os critérios de priorização e disponibilidade orçamentária”, explica a titular da Sedes.

A inscrição no DF Social não garante a entrada automática no programa, pois isso depende de abertura de novas vagas e disponibilidade orçamentária.

Siga nossas redes sociais: Facebook Instagram.


Fato Novo com informações e imagens: Agência Brasília

Anúncio

Distrito Federal

Mais de 1,8 mil candidatos do Morar Bem são convocados para apresentação de documentos

Publicado

no

Por

Após o envio da documentação, os candidatos devem aguardar a análise da Codhab

Nesta segunda-feira (15), a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF) convoca 1.891 candidatos para enviar a documentação necessária de habilitação no programa Morar Bem.

A lista de documentos exigidos pode ser acessada no site da companhia. O envio deve ser realizado pelo aplicativo de celular Codhab Cidadão.

Após o envio da documentação, os candidatos devem aguardar a análise, que não possui prazo determinado. Confira aqui a lista dos convocados.


Fato Novo com informações da Codhab

Anúncio

 

Continuar Lendo

Distrito Federal

Servidores do GDF terão direito a assistência odontológica

Publicado

no

Por

A medida busca ampliar cuidados com a saúde dos servidores públicos. Sancionada pelo governador Ibaneis Rocha, a lei será publicada na edição desta terça-feira (16) do Diário Oficial do Distrito Federal

O governador Ibaneis Rocha sancionou a lei que autoriza a prestação de assistência odontológica a servidores civis da administração direta, autárquica e fundacional do Distrito Federal, bem como a seus dependentes. A norma será publicada na edição de terça-feira (16) do Diário Oficial do Distrito Federal e regulamentada pelo GDF.

Para o governo estabelecer a prestação de assistência odontológica foi necessário enviar um projeto de lei para apreciação da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) regulamentando o inciso IV do artigo 271 da Lei Complementar nº 840/2011, que dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos. Esse trecho da norma prevê que a assistência odontológica seja prestada “na forma de auxílio, mediante ressarcimento parcial do valor despendido com planos ou seguros privados de assistência à saúde”.

O novo benefício representa mais um avanço no cuidado do governo com a saúde dos servidores criado por esta gestão. “Nós tiramos do papel o plano de saúde, muito aguardado por eles, e que hoje é um sucesso, inclusive aceito nos melhores hospitais e clínicas do DF. A inclusão da assistência odontológica é um passo a mais que damos para cuidar da saúde daqueles que trabalham por um Distrito Federal melhor”, afirma Ibaneis Rocha.

Segundo a Secretaria de Economia, o regramento para a concessão do benefício está em estudo e será divulgado por meio de decreto após a sanção da lei que cria o benefício.

Anúncio

“Já garantimos cerca de R$ 44 milhões no orçamento deste ano para o programa. Nossa ideia é implementar até dezembro para todos os servidores civis do DF”, explica o secretário de Economia, Ney Ferraz.


“A valorização e o cuidado com o servidor é uma meta que estamos perseguindo diariamente. A determinação do governador Ibaneis é melhorar a qualidade de vida dos servidores, e a saúde bucal entra nessa questão. Criamos o plano de saúde do servidor e agora vamos entregar um auxílio para o tratamento odontológico”, acrescenta o secretário de Economia.


Plano de Saúde

Vale lembrar que a atual gestão criou, no Dia do Servidor em 28 de outubro de 2020, o GDF Saúde, e que atualmente conta com 100 mil beneficiários da administração pública. A rede credenciada é composta por 2.440 parceiros, sendo 47 hospitais, mais de duas mil clínicas, 22 laboratórios, uma cooperativa e cinco associações médicas. O plano de saúde voltado ao funcionalismo público é gerido pelo Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Distrito Federal (Inas).

Este ano, o convênio ampliou a assistência passando a atender os servidores do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF). Também foi em 2024 que o plano passou a ser aceito para atendimento ambulatorial em clínicas e laboratórios de sete cidades, localizadas na Área Metropolitana de Brasília: Formosa, Planaltina, Águas Lindas, Valparaíso, Cidade Ocidental, Luziânia e Novo Gama.


Fato Novo com informações: Agência Brasília

Anúncio
Continuar Lendo

Distrito Federal

Agências do trabalhador do DF têm vaga com salário de R$ 4 mil nesta terça-feira (16)

Publicado

no

Por

A oportunidade é para contador controller no Guará; ao todo, as unidades ofertam mais de mil chances na capital

As agências do trabalhador do Distrito Federal oferecem, nesta terça-feira (16), 1.001 vagas para quem busca emprego na capital federal. O maior salário da lista é de R$ 4 mil para a vaga de contador controller, profissional responsável por planejar, organizar e desenvolver estratégias econômicas e financeiras com base em informações contábeis. No Guará, a oportunidade é voltada para quem tem ensino superior completo na área.

Outro destaque entre as chances estão as 70 vagas para atendente de lojas. Os candidatos não precisam ter experiência prévia, mas é exigido o ensino médio completo. O salário ofertado é de R$ 1.412. Outra função com muitas vagas disponíveis é para consultor de vendas, um total de 40 para a Asa Sul. Os interessados devem ter o ensino médio completo. A remuneração prevista é de R$ 1.412.

Para participar dos processos seletivos, basta cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana. Mesmo que nenhuma das vagas do dia seja atraente ao candidato, o cadastro vale para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejam ofertar vagas ou utilizar o espaço das agências do trabalhador para entrevistas podem se cadastrar pessoalmente nas unidades ou pelo aplicativo do Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento pelo e-mail gcv@setrab.df.gov.br. Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal (Sedet-DF).

Anúncio

Fato Novo com informações: Agência Brasília

Continuar Lendo

Mais vistas